Conheça agora as principais características do Lulu da Pomerânia

4 minutos para ler

Uma das raças mais queridas pelos amantes de cachorros, o Lulu da Pomerânia é famoso por ser uma legítima bola de pelos. Desenvolvida para oferecer boa companhia, a linhagem abrange membros de personalidade forte e extrema graciosidade. Mas essas não são as únicas características do Lulu da Pomerânia.

Está pensando em criá-la em seu canil? Quer conhecer um pouco mais sobre a história e os cuidados que a raça exige? Neste artigo trazemos algumas informações para você! Boa leitura!

Origem da raça Lulu da Pomerânia

Também conhecido como Spitz Alemão Anão, a raça surgiu na Pomerânia, antiga região que pertencia à Alemanha e hoje também faz parte da Polônia. No entanto, nessa época esses cães eram de porte grande, pastoreavam ovelhas e vacas e, por um período, também foram puxadores de trenós na Rússia e na Sibéria.

Os cachorros caíram nas graças da Rainha Vitória da Inglaterra, quando passaram a ser chamados de Lulu da Pomerânia. A popularidade da raça cresceu entre as senhoras de poder aquisitivo e iniciaram-se os cruzamentos por cães menores, mais afetuosos e coloridos.

Em 1900 a raça foi reconhecida, já com uma maior variedade de cores e porte menor. A procura por tamanhos diminutos e pelos longos continuou sendo a ênfase dos cruzamentos, dando origem a uma linhagem bastante distinta dos valentes ancestrais que afastavam os lobos dos rebanhos.

Características do Lulu da Pomerânia

O Lulu da Pomerânia faz parte do grupo Cães de Luxo e, tanto o macho quanto a fêmea tem altura de 20 a 27 cm e pesam de 1 a 3 kg, em média. São dóceis e muito afetuosos com os membros da família, mas não costumam desenvolver laços com estranhos. Por terem uma devota dedicação ao tutor, podem ser possessivos e um pouco agressivos — precisando de limites e adestramento desde cedo.

São espertos e bastante ativos e, por isso, é fundamental que as brincadeiras estimulem a sua inteligência (como esconder objetos para que procurem). Com as características herdadas de seus ancestrais, o Lulu da Pomerânia é corajoso e destemido, sendo um cão de alarme também (os latidos são agudos e penetrantes).

Spitz em alemão significa pontiagudo, nome que descreve a forma geral de sua cabeça: mais larga na parte posterior, mais fina no focinho. Suas orelhas são pequenas e eretas, e sua cauda faz uma curva suave no dorso do cão. Sua característica mais marcante é a pelagem longa e densa e a variedade de cores impressiona. São aceitos diversas tonalidades de preto, branco, marrom, laranja e mesclado de cinza para o padrão da raça.

Cuidados que a raça exige

Os membros da raça têm uma expectativa de vida longa, em torno de 12 a 16 anos. Geralmente são cães bastante saudáveis, mas é importante ter atenção a algumas questões. Entre as preocupações de saúde do Lulu da Pomerânia estão:

  • luxação da patela;
  • luxação do ombro;
  • displasia do quadril;
  • alopecia;
  • fontanela aberta;
  • hipoglicemia;
  • hipotireoidismo;
  • problemas cardíacos;
  • colapso traqueal;
  • atrofia progressiva da retina;
  • entrópio.

É recomendado fazer exames nos joelhos, nos olhos e no coração.

Para que os pelos fiquem sempre exuberantes, é importante escová-los duas vezes por semana. Já os banhos não devem ser frequentes, pois retiram a oleosidade e a proteção natural dos cães. Além disso, devem ser muito bem secos, para evitar a proliferação de fungos e o desenvolvimento de alergias.

Pode ser feita a tosa higiênica, mas jamais a tosa completa, que foge do padrão da raça e os deixa vulneráveis a afecções de pele. Como são bastante ativos, é interessante que suas unhas sejam aparadas e bem cuidadas. E é preciso ser dedicado à sua higiene oral: se possível, escove os dentes uma vez por dia; se não, uma vez por semana.

A fofura e a amabilidade são características do Lulu da Pomerânia, o que tornam essa raça muito popular e procurada em canis sérios. Criá-los exige uma boa dose de dedicação e paciência, mas a recompensa é, certamente, gratificante.

Continue aprofundando seus conhecimentos e descubra, agora, quais são as principais características do Dobermann!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-