Entenda quais são as etapas do pedigree para cachorros

6 minutos para ler

É muito provável que você já tenha ouvido falar em pedigree, mas, você sabe como tirar esse documento? Esse certificado, que contém a árvore genealógica do animal, assim como sua raça, cor, data de nascimento e criador, é a confirmação da pureza do animal e, por isso, você precisa conhecer quais são as etapas do pedigree para cachorros para providenciar logo o dos seus cães.

Para um canil, dar essa garantia para os clientes é um compromisso e demonstra a seriedade da empresa. Afinal, ninguém quer comprar um cachorro e, no futuro, descobrir que ele não é da raça prometida. Isso fere a reputação de qualquer produtor de cães.

Por esse motivo, neste post, separamos as informações necessárias para que você descubra como fazer o certificado de pedigree dos seus animais. Continue conosco e tire suas dúvidas!

O que é o pedigree?

Trata-se de um certificado que indica as principais características do animal, de acordo com a padronização específica de cada raça. O documento, que contém a ascendência do cachorro até sua terceira geração, ou seja, pais, avós e bisavós maternos e paternos, também é conhecido no Brasil como Registro Geral (RG).

Com esse documento, é possível garantir que o pet é de raça pura. Ademais, o pedigree também traz informações do criador e, no futuro, do dono do animal, o que confirma a sua propriedade e é indispensável para determinadas situações, especialmente no caso de viagens.

Qual a importância da certificação do animal?

Quando um filhote é registrado, a pureza de sua raça é confirmada. Assim, seu futuro dono vai adquirir um animal com genética conhecida, o que garante que suas características físicas, como tamanho, coloração e tipo de pelo, assim como as comportamentais, sejam de acordo com o padrão e correspondam às expectativas.

Para os donos que desejam inscrever seus cães em competições e exposições de raças, apresentar a documentação com a linha de sangue dos animais é um dos itens exigidos. Além disso, por meio do pedigree, também é possível saber se os filhotes são descendentes de campeões, o que aumentam as chances deles se destacarem como os melhores.

O compromisso de um canil com a pureza dos cães faz com que a empresa seja reconhecida pela qualidade dos serviços prestados. Como consequência de toda essa dedicação, os preços cobrados pela venda dos animais podem ser elevados, o que reflete positivamente na lucratividade do negócio.

Que investimentos são necessários para garantir o pedigree do cachorro?

Bons canis costumam investir boa parte do capital do negócio em melhoramento de raças e técnicas de cruzamento. Afinal, esses criadores não permitem que animais sem raça definida sejam reproduzidos, o que exige muita atenção e estudos para evitar que isso aconteça.

Um cruzamento aleatório, sem critérios de cruza, inclusive entre animais da mesma raça, por exemplo, dificilmente permite que o produtor defina com propriedade quais serão as características, como tamanho ao crescer e personalidade, que são quesitos muito valorizados pelos clientes.

Criadores respeitados, portanto, se preocupam em produzir cães puros, acasalando animais de genética comprovada e superior para ter os melhores filhotes padronizados — os quais têm pedigree garantido pelas entidades de cinofilia.

Quais são os passos para conseguir o pedigree?

Para dar início às etapas do pedigree para cachorros você pode entrar em contato com a Sociedade Brasileira de Cinofilia (SOBRACI). Atuamos desde 1997 e conta com o aval de juízes internacionais para dar um parecer.

Quais são as exigências?

Para obter o pedigree, é preciso que os genitores sejam da mesma raça — sendo proibido a cruza entre irmãos diretos — e que esses já contenham o documento. Ademais, o canil também deve comprovar seu registro de abertura.

Que documentos precisam ser enviados?

Para obter o certificado é preciso apresentar uma cópia da documentação dos pais dos filhotes, além de preencher um mapa com o registro da ninhada com as seguintes informações:

  • nome;
  • cor;
  • sexo;
  • dados do canil;
  • dados dos pais do animal.

A SOBRACI permite que o envio desses documentos seja feito por correio ou até mesmo pela internet. Fácil, rápido e sem complicações.

Quais são os custos?

Algumas taxas são cobradas no processo de emissão do pedigree do animal e esse é um dos fatores que mais assustam os criadores de animais. Todavia, os boatos de que isso é muito caro não passam de um mito. Na SOBRACI, o valor para obter o pedigree é de apenas R$ 42,00.

Quando fazer o registro?

O registro deve ser feito em até 90 dias após o nascimento de uma ninhada. Caso os filhotes ultrapassem essa idade e não tenham pedigree, ainda é possível iniciar o processo, no entanto, o dono deverá pagar uma multa devido à extrapolação dos prazos.

Quais são as restrições?

Para conseguir o pedigree é preciso que o cão seja de raça pura — todos os seus ascendentes devem ser da mesma raça e nenhuma mistura pode acontecer.

Hoje, existem mais de 350 raças reconhecidas pelas entidades de cinofilia. Qualquer cruzamento que resulte na mistura entre elas exclui a possibilidade de pedigree para os filhotes.

O que fazer se os pais não têm pedigree?

Caso os seus filhotes sejam descendentes de cães sem registro de pedigree, é possível conseguir esse documento mesmo assim. Para isso, é preciso comprovar que as características do cão são compatíveis com os padrões da raça.

Esse processo pode ser feito por meio da avaliação de especialistas da SOBRACI em exposições realizadas pela instituição, pelo reconhecimento do cão na sede ou até mesmo por vídeos e fotos.

Como resultado, o cão obtém um Registro Inicial. No futuro, os netos desse cachorro poderão ter um RG padrão, visto que todas as informações genealógicas necessárias estarão disponíveis.

Gostou de descobrir quais são as etapas do pedigree para cachorros? Esperamos ter ajudado a solucionar suas dúvidas e a entender melhor sobre como esse processo é importante para garantir a pureza das raças dos seus filhotes.

Ficou interessado? Entre em contato conosco para obter o pedigree dos seus cães. Esse é o caminho para comprovar a seriedade e qualidade do seu canil. Aproveite!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-