Afinal, qual é a importância do pedigree?

Importancia do Pedigree
6 minutos para ler

Um canil precisa de muitas adequações para manter a ordem da sua administração e garantir a saúde e o bem-estar dos cachorros. Rações de qualidade, vacinação em dia, cuidados com parasitas, maternidade confortável, exercícios físicos e mentais são apenas alguns exemplos das inúmeras preocupações do dono de canil. Em meio a isso tudo, todavia, a importância do pedigree não pode ser negligenciada.

Mas por que esse documento é tão importante assim? O que ele certifica, por que o dono do canil deve priorizá-lo e como pode consegui-lo? Essas perguntas são respondidas neste artigo. Continue a leitura e entenda!

O que é pedigree?

Muita gente acha que um cachorro ter pedigree é a mesma coisa que ser de raça. Mas não é. O pedigree é um documento que comprova, além das características do padrão da raça, a genealogia do cão. Isso significa que o pedigree contém informações sobre a identidade dos pais, avós e bisavós do cachorro.

Esse documento pode ser comparado ao nosso Registro Geral (RG), uma vez que cada cão tem o seu. A declaração pode conter, ainda, dados de concursos, exposições e competições que o cachorro e seus antecedentes foram vitoriosos. Aliás, um cão só pode participar desses eventos se tiver o pedigree.

A criação de cães envolve anos de estudo sobre a raça e extrema dedicação e cuidado com os animais. Então, mais do que um certificado de excelência na raça, o pedigree é o reconhecimento de todo o trabalho feito pelo criador.

Por que fazer o registro do pedigree é importante?

Muito bem, mas você pode estar pensando, agora, por que ter esse certificado é importante? Afinal, você sabe que seus cães são de raça, não é mesmo? Bom, mas não é só para isso que serve o pedigree. Veja, a seguir, alguns aspectos que trazem relevância ao registro do pedigree.

Garante a raça do cão

Para tirar o pedigree, a raça do cachorro deve ser, obviamente, comprovada. Para tanto, em alguns casos, pode-se consultar especialistas que atestem o padrão da raça. Cabe ressaltar que existe outro documento — o Certificado de Pureza da Raça — que também é um comprovante de valor, igualmente emitido pelas federações competentes.

Contudo, apenas o pedigree informa dados sobre a procedência do cão, ou seja, sobre a sua árvore genealógica. E essas informações são de alto valor para um criador de cães.

Além das características estéticas do padrão da raça, o pedigree auxilia no reconhecimento do temperamento de um cão. Portanto, só é possível fazer um prognóstico sobre a personalidade de uma ninhada (em planejamento) e saber se os filhotes serão calmos ou agressivos se forem conhecidas as informações sobre a genealogia dos pais.

Auxilia no acasalamento

Chegamos ao ponto crucial da importância do pedigree: os acasalamentos. Um criador de cães, como dissemos, preza pela qualidade da prole do seu plantel. Passa anos estudando as características da raça, e os cruzamentos que realiza em seus cães buscam o aperfeiçoamento da raça — além de tentar minimizar os rastros genéticos de doenças específicas.

Para fazer a seleção dessas características e eliminar o risco de ocorrência de determinadas condições ou enfermidades, é preciso evitar os cruzamentos consanguíneos. E é aí que entram as informações sobre a genealogia do cão. Saber a procedência dele descarta a possibilidade de endocruzamentos, o que amplifica a diversidade genética e ressalta os melhores atributos da raça.

Aumenta o valor do cão

Na maioria das vezes, um cão com pedigree vai ter valor mais alto no mercado do que um que não tenha o documento. Entretanto, ao contrário do que muita gente pensa, não é o certificado em si ou o custo para o registro do pedigree que causa a diferença nos valores dos cães, mas sim a diferença vista na criação e na qualidade dos cães.

Essa diferença no modo de cuidado com as ninhadas, bem como a supremacia da linhagem são reconhecidas e comprovadas pelo pedigree. Então, não é somente o valor do documento (que gira em torno de R$ 50,00), mas sim, uma valorização pela dedicação e pelos custos onerosos que envolvem a criação como um todo.

Mantém a credibilidade do canil

Você certamente já percebeu que falamos diversas vezes sobre o respaldo que o pedigree confere ao canil. Batemos nessa tecla, porque ela é fundamental para que o criador tenha confiabilidade no mercado de animais de estimação.

Mais uma vez, destacamos que o pedigree comprova a dedicação do criador com os cães e seu respeito pela raça como um todo, daí sua importância. Uma vez que o documento é concedido por entidades idôneas e responsáveis, apenas os canis sérios terão a certificação.

Um bom criador não tem cães sem pedigree em seu plantel, e o registro, portanto, garante a credibilidade de seu canil.

Como tirar o pedigree?

A pergunta que deve pairar agora é como, então, tirar o pedigree dos cachorros? Tudo o que você precisa fazer é juntar as informações (sexo, cor etc. do cachorro, dados do canil proveniente) e recolher a documentação do seu cão (cópia dos pedigrees dos pais, assinatura dos responsáveis pela reprodução, mapa da ninhada (se for o caso), registro dos cachorros e documentação de abertura do canil).

Com tudo isso em mãos, basta procurar a sociedade de cinofilia responsável pela sua região. Você receberá certificados provisórios até que o pedigree fique pronto. Fizemos um post especial para isso aqui.

A SOBRACI (Sociedade Brasileira de Cinofilia Independente) entrou para a cena do mundo dos criadores de cães para agilizar — de maneira séria, competente e independente — o registro de canis, cães e seus pedigrees. Somos uma alternativa qualificada e experiente para os criadores que porventura encontraram dificuldades burocráticas para fazer o seu registro.

Se você ainda tinha dúvidas a respeito da importância do pedigree, certamente agora estão sanadas, não é mesmo? O documento é uma prova de dedicação e seriedade por parte do criador, além de ser uma fonte de segurança para as linhagens de cachorros. O canil que tem o registro de pedigree tem a sua credibilidade autenticada e é bem-visto no mercado consumidor e entre os criadores.

Nosso artigo foi esclarecedor para você? Novas dúvidas surgiram e você quer mais detalhes sobre o procedimento de registro? Entre em contato conosco, teremos prazer em atendê-lo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-