Otite em cachorro: conheça as principais causas e sintomas

4 minutos para ler

Animais de estimação são ótimas companhias e alegram o dia de qualquer pessoa. Para que essa alegria nunca acabe, é recomendado sempre ficar de olho na saúde desses amiguinhos. Um exemplo de problema é a otite em cachorro, muito comum em cães com orelhas caídas, que deixam a região mais fechada e abafada.

Essa inflamação no ouvido pode ser causada por bactérias, vírus e até fungos. Se não tratada da maneira correta, pode levar à surdez do cão depois de algum tempo. Por isso, é sempre bom ter todo o cuidado na hora do banho — para não entrar água nas orelhas — e manter a região sempre limpa. Adicionalmente, ao menos uma vez por mês, deve-se checar junto ao veterinário se está tudo bem.

E os sintomas, quais são? Para ajudar você a saber mais sobre a otite em cachorro, separamos abaixo alguns sintomas que são fáceis de notar para já começar a tratar. Confira!

Coceira na orelha

Se o seu cão anda coçando bastante a orelha, é um sinal de otite. E se, além disso, ele cheirar a pata para lamber ou algo do tipo, é também um forte indício de que ele está passando por esse problema.

Como a otite é uma doença que provoca bastante coceira no canal do ouvido, os cães tendem a se incomodar por muitos minutos, aliviando essa terrível sensação com o ato de coçar o máximo que puderem as orelhas.

Cheiro forte

Sim, a otite em cachorro causa um cheiro forte, muitas vezes parecido com o de uma infecção. Se você andou percebendo que, mesmo após o banho, o seu cão logo fica com um cheirinho ruim, é bom checar a área das orelhas. Para isso, você pode levantar as orelhas, notar se há algum cheiro e passar um algodão na parte interna para conferência.

Além do cheiro forte, é comum que a otite deixe as secreções da orelha com uma cor mais escura — um marrom quase preto. Se a cera estiver com essa característica, além de mais espessa, é outra característica do problema.

Dor na região do ouvido

Quando a otite em cachorro ataca, geralmente os cães reclamam de dor logo ao coçar as orelhas. Outros ficam mais tristes, menos brincalhões e com a cabeça mais baixa, devido à dor constante na parte interna das orelhas.

Um detalhe que ajuda a perceber se é esse o problema do animalzinho é se ele também chacoalha muito a cabeça. Se isso ocorrer, as chances de ser otite são ainda maiores!

Formas de tratamento

A primeira coisa que você deve fazer é levar seu cão para uma consulta com o veterinário. É lá que o profissional fará um exame no condutor auditivo do animal para conferir se há algum corpo estranho dentro do ouvido, checar como está a inflamação e se o problema é muito grave.

Se mesmo assim não encontrar nada, pode ser que o veterinário tire algumas amostras de cera para outros exames que detectam a presença de fungos, bactérias ou ácaros. Com o resultado em mãos, o profissional indicará quais remédios o cão deve tomar — geralmente, anti-inflamatórios e antibióticos.

Agora que você já conhece mais sobre a otite em cachorro, vai ficar mais fácil cuidar do seu amiguinho e manter a saúde dele sempre em dia!

Gostou do nosso conteúdo? Deixe o seu comentário e, se tiver mais alguma sugestão, compartilhe conosco!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-